Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/20.500.11997/842
Title: Cinelândia: o cinema no primeiro ano da revista O Cruzeiro
Authors: Rouchou, Joëlle
Keywords: Cinema brasileiro;Cinelândia - (Rio de Janeiro, RJ);Revista O Cruzeiro
Issue Date: 2005
Publisher: Rio de Janeiro: ECO-Pós, 2005
Citation: ROUCHOU, Joëlle. Cinelândia: o cinema no primeiro ano da revista O Cruzeiro. Revista ECO-Pós, [S.l.], v. 8, n. 2, Abr. 2005
Abstract: Luzes, máquinas que voam, que falam, prédios altos numa metrópole do futuro desenhando o que seria o ano de 2026. O emblema do filme Metropolis (1926), do cineasta alemão Fritz Lang, é a modernidade no cinema. O cartaz com tipologia futurista apontando com setas em todas as direções dá o tom daquele que se tornou o filme fundador do gênero de ficção: cada vez mais máquinas, mais sofisticadas, mais modernas. É Futura, o robô-mulher, clone da personagem Maria, que vai salvar os oprimidos de uma sociedade dividida entre os ricos – que moram na cidade alta, rica e branca – e a massa de operários, que se esconde nos subterrâneos da cidade baixa, onde ficam as máquinas que geram a energia para os mais abastados.
URI: http://hdl.handle.net/20.500.11997/842
Appears in Collections:PF - Trabalhos apresentados em eventos



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.